Tag Archives: Woody Allen

Crítica: Homem Irracional (2015)

30 ago

home irra

Homem Irracional é a nova aposta do cineasta Woody Allen nos cinemas. O longa estrelado por Joaquin Phoenix e Emma Stone, é composto por alguns dos elementos já abordados pelo diretor em trabalhos anteriores, como o suspense comedido e a fragilidade humana.

A película aborda a história de Abe Lucas (Joaquin Phoenix), um aclamado professor de filosofia, que está em plena crise existencial. Quando Abe decide lecionar em uma faculdade da pequena cidade de Braylin, ele acaba conhecendo Jill (Emma Stone), uma jovem estudante, totalmente fascinada pelo seu trabalho e sua fama de escritor. Com o passar do tempo, e devido à insistência da moça, Abe acaba se tornando muito próximo de Jill, assim como da insinuante professora Rita (Parker Posey), que mesmo sendo casada, vive arrastando asas para o colega de trabalho. No entanto, a vida vazia do escritor só começa a ter sentido, após o mesmo ouvir acidentalmente uma conversa de uma mãe, desesperada pela ideia de perder a guarda de seu filho devido a uma influência desapropriada do juiz Spangler (Tom Kemp). É nesse momento que Abe decide armar um plano para assassinar a autoridade pública, com o propósito de livrar a mãe de uma grande decepção.

Irrational Man, título original, é de fato um conjunto de elementos já vistos em outros filmes de Allen. Assim como em Ponto Final – Match Point (2005), onde alguém é possuído pela ideia de se tornar um assassino em potencial, em Homem Irracional a coisa não é muito diferente, pois o protagonista claramente acaba sucumbindo ao desejo de se tornar um “benfeitor”, a partir de um ato totalmente inescrupuloso. O diretor brinca com essa transição entre a loucura e a sanidade humana, onde um homem aparentemente inofensivo, de repente, se mostra um serial-killer em potencial. É aquele velho ditado do ‘lobo em pele de cordeiro’. E também não podemos negar a inserção de um juízo de valor, pois Allen nos faz refletir sobre toda aquela situação ficcional ali apresentada. Afinal, seria um assassinato em causa de um bem maior? Os fins justificam os meios? É para refletir.

Outro tema presente nesta película é imprevisibilidade do amor, no que diz respeito a ideia de que você nunca sabe o que pode acontecer. Na trama, a relação de Abe e Jill começa tomando um rumo e no final a coisa termina de uma maneira totalmente diferente. É um pouco do que já vimos em Tudo Pode Dar Certo (2009), no que diz respeito ao rumo dos personagens principais, que começam de uma maneira e, de repente, já estão de outra. No entanto, em Homem Irracional tudo isso é construído a partir de uma narrativa muito bem elaborada, sendo privilegiada pelo suspense da trama.

A fotografia da obra é trabalhada a partir de ambientes mais claros, que possuem uma certa luminosidade, contrapondo toda aquela sensação obscura do personagem de Phoenix. Por falar nele, o ator está muito bem no papel, atribuindo a Abe, uma personalidade totalmente ambígua e curiosa, de uma maneira bastante sutil. Phoenix chegou ao ponto certo sem parecer caricato ou cansativo demais. Já Emma Stone, que já pode ser considerada a nova queridinha de Woody Allen, depois de Diane Keaton, Scarlett Johansson, Cate Blanchett e companhia, conseguiu estar bem no papel da mocinha inebriada, mas sem muito brilhantismo. Talvez ela ainda esteja se adequando ao mundo do cineasta, que depois de seu bom desempenho em Magia ao Luar (2014), seguiu fazendo alguns laboratórios para melhorar sua atuação.

Homem Irracional é um filme com todas as características de Woody Allen. Se você está procurando por boas atuações, uma história com um desenvolvimento interessante, ele é certamente uma excelente opção.

Trailer:

*Crítica também postada no site Blah Cultural

Anúncios

News: Homem Irracional é o novo longa do cineasta Woody Allen

3 jul

Marcado para estrear em território nacional no dia 6 de agosto, Homem Irracional, novo longa do badalado diretor Woody Allen, traz ainda nomes conhecidos em seu elenco, como o de Joaquin Phoenix e Emma Stone.

home irra

Homem Irracional estreou recentemente no Festival de Cannes, que aconteceu no último mês de maio O filme conta a história de Abe Lucas (Phoenix), um professor de filosofia que se encontra em plena crise existencial. Tudo em sua vida parece não ter mais sentido algum, até o mesmo conhecer um pouco mais de sua aluna Jill (Emma Stone). Enquanto os dois comem tranquilamente em uma lanchonete, Lucas ouve que uma mãe havia perdido a guarda de seu filho devido a uma decisão do juiz Spangler (Tom Kemp). A partir desse momento, ele resolver investir em um plano para assassinar a autoridade pública.

Trailer:

News: Emma Stone e o Colin Firth no primeiro trailer de Magic in the Moonlight

22 maio

magic_in_the_moonlight_header-630x316

O novo filme do conceituado cineasta Woody Allen acaba de ganhar seu primeiro trailer.  Magic In The Moonlight é estrelado por Emma Stone e Colin Firth, o longa se passa na charmosa Riviera Francesa, entre as décadas de 20 e 30 e conta a história de um homem, vivido por Firth, que é escalado para tentar desvendar uma possível fraude. Entretanto, em meio a tantos problemas pessoais, sua missão acaba se tornando mais difícil do que imaginara.

Magic in the Moonlight, ainda sem título em português, deve estrear no Brasil no próximo dia 28 de agosto. A película ainda conta com Marcia Gay HardenJacki WeaverHamish LinklaterSimon McBurney em seu elenco.

Trailer:

News: Confira os vencedores do Globo de Ouro 2014

13 jan

20640071

Ocorreu neste último domingo (12), a 71ª edição do Globo de Ouro em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Dentre os premiados podemos destacar a nova queridinha da América, Jennifer Lawrence que ganhou o de atriz coadjuvante por Trapaça, também a favorita Cate Blanchett, que ganhou o de melhor atriz de Drama por Blue Jasmine (amo!), Leonardo DiCaprio por O Lobo de Wall Street, as séries Breaking bad e Brooklyn 9-9 também tiveram destaque.

Então vamos aos premiados!

CINEMA:

2014-01-13t035626z_185408346_tb3ea1d0axri7_rtrmadp_3_film-goldenglobes

Equipe de “Trapaça”, vencedor do prêmio de melhor filme de comédia ou musical

Melhor filme – Comédia ou musical
“Trapaça”
“Ela”
“Inside Llewyn Davis: Balada de um homem comum”
“Nebraska”
“O lobo de Wall Street”

Melhor filme – Drama
“12 anos de escravidão”
“Capitão Phillips”
“Gravidade”
“Philomena”
“Rush: No limite da emoção”

2014-01-13t040556z_829140598_tb3ea1d0bdlis_rtrmadp_3_film-goldenglobes

Matthew McConaughey venceu de melhor ator dramático
por ‘Clube de compras Dallas’

Melhor ator – Drama
Chiwetel Ejiofor (“12 anos de escravidão”)
Idris Elba (“Mandela: Long walk to freedom”)
Tom Hanks (“Capitão Phillips”)
Matthew McConaughey (“Clube de compras Dallas”)
Robert Redford (“All is lost”)

4obba3jf75fpi0l9jafxbkct0

Cate Blanchett, melhor atriz de drama por ‘Blue Jasmine’

Melhor atriz – Drama
Cate Blanchett (“Blue Jasmine”)
Sandra Bullock (“Gravidade”)
Judi Dench (“Philomena”)
Emma Thompson (“Walt nos bastidores de Mary Poppins”)
Kate Winslet (“Refém da paixão”)

Melhor ator – Comédia ou musical
Christian Bale (“Trapaça”)
Bruce Dern (“Nebraska”)
Oscar Isaac (“Inside Llewyn Davis: Balada de um homem comum”)
Joaquin Phoenix (“Ela”)
Leonardo DiCaprio (“O lobo de Wall Street”)

2014-01-13t025626z_905834339_tb3ea1d085seb_rtrmadp_3_film-goldenglobes

Amy Adams venceu melhor atriz de comédia ou
musical por “Trapaça”

Melhor atriz – Comédia ou musical
Amy Adams (“Trapaça”)
Julie Delpy (“Antes da meia-noite”)
Greta Gerwig (“Frances Ha”)
Julia Louis-Dreyfus (“À procura do amor”)
Meryl Streep (“Álbum de família”)

Melhor ator coadjuvante
Barkhad Abdi (“Capitão Phillips”)
Daniel Bruhl (“Rush: No limite da emoção”)
Bradley Cooper (“Trapaça”)
Michael Fassbender (“12 anos de escravidão”)
Jared Leto (“Clube de compras Dallas”)

2014-01-13t012526z_91469389_tb3ea1d03y36f_rtrmadp_3_film-goldenglobes

Jennifer Lawrence vence melhor atriz coadjuvante
no Globo de Ouro por “Trapaça”

Melhor atriz coadjuvante
Sally Hawkins (“Blue Jasmine”)
Jennifer Lawrence (“Trapaça”)
Lupita Nyong’o (“12 anos de escravidão”)
Julia Roberts (“Álbum de família”)
June Squibb (“Nebraska”)

Melhor diretor
Alfonso Cuarón (“Gravidade”)
Paul Greengrass (“Capitão Phillips”)
Steve McQueen (“12 anos de escravidão”)
Alexander Payne (“Nebraska”)
David O. Russell (“Trapaça”)

Melhor roteiro
Spike Jonze (“Ela”)
Bob Nelson (“Nebraska”)
Jeff Pope Steve (“Philomena”)
John Ridley (“12 anos de escravidão”)
David O. Russell (“Trapaça”)

Melhor filme estrangeiro
“Azul é a cor mais quente”, da França
“A grande beleza”, da Itália
“A caça”, da Dinamarca
“O passado”, do Irã
“Vidas ao vento”, do Japão

Melhor canção original
“Atlas”, de Chris Martin (“Jogos vorazes: Em chamas”)
“Let it go”, de Kristen Anderson Lopez e Robert Lopez (“Frozen: Uma aventura congelante”)
“Ordinary love”, do U2 (“Mandela: Long walk to freedom”)
“Please Mr. Kennedy”, de Ed Rush, George Cromarty, T Bone Burnett, Justin Timberlake, Joel Coen e Ethan Coen (“Inside Llewyn Davis: Balada de um homem comum”)
“Sweeter than fiction”, de Taylor Swift (“One chance”)

Melhor trilha original
“All is lost”
“Mandela: Long walk to freedom”
“Gravidade”
“A menina que roubava livros”
“12 anos de escravidão”

Melhor animação
“Os Croods”
“Frozen: Uma aventura congelante”
“Meu malvado favorito 2”

TV:

Melhor série de TV – Drama
“Breaking bad”
“Downton Abbey”
“The good wife”
“House of cards”
“Masters of sex”

Melhor ator em série de TV – Drama
Bryan Cranston (“Breaking bad”)
Liev Schreiber (“Ray Donovan”)
Michael Sheen (“Masters of sex”)
Kevin Spacey, (“House of cards”)
James Spader (“The blacklist”)

Melhor atriz em série de TV – Drama
Julianna Margulies (“The good wife”)
Tatiana Maslany (“Orphan black”)
Taylor Schilling (“Orange is the new black”)
Kerry Washington (“Scandal”)
Robin Wright (“House of cards”)

Melhor série de TV – Comédia ou musical
“The big bang theory”
“Brooklyn nine-nine”
“Girls”
“Modern family”
“Parks and recreation”

2014-01-13t025830z_664493665_tb3ea1d0898ej_rtrmadp_3_film-goldenglobes

Andy Samberg venceu o de melhor ator de série de comédia

Melhor ator em série TV – Comédia ou musical
Jason Bateman (“Arrested development”)
Don Cheadle (“House of lies”)
Michael J. Fox (“The Michael J. Fox show”)
Jim Parsons (“The big bang theory”)
Andy Samberg (“Brooklyn nine-nine”)

Melhor atriz em série de TV – Comédia ou musical
Zooey Deschanel (“New girl”)
Edie Falco (“Nurse Jackie”)
Lena Dunham (“Girls”)
Julia Louis Dreyfus (“Veep”)
Amy Poehler (“Parks and recreation”)

Melhor minissérie ou filme para TV
“American horror story: Coven”
“Minha vida com Liberace”
“Dancing on the edge”
“Top of the lake”
“The white queen”

Melhor ator em minissérie ou filme para a TV
Matt Damon (“Minha vida com Liberace”)
Michael Douglas (“Minha vida com Liberace”)
Chiwetel Ejiofor (“Dancing on the edge”)
Idris Elba (“Luther”)
Al Pacino (“Phil Spector”)

Melhor atriz em minissérie ou filme para a TV
Helena Bonham Carter (“Burton and Taylor”)
Rebecca Ferguson (“The white queen”)
Jessica Lange (“American horror story: Coven”)
Helen Mirren (“Phil Spector”)
Elisabeth Moss (“Top of the lake”)

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme para a TV
Josh Charles (“The good wife”)
Rob Lowe (“Minha vida com Liberace”)
Aaron Paul (“Breaking bad”)
Corey Stoll (“House of cards”)
John Voight (“Ray Donovan”)

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV
Jacqueline Bisset (“Dancing on the edge”)
Janet McTeer (“The white queen”)
Hayden Panattiere (“Nashville”)
Monica Potter (“Parenthood”)
Sofia Vergara (“Modern family”)

Prêmio Cecil B. DeMille
Woody Allen

Fonte: G1

News: Novo filme de Woody Allen ganha data de estreia

26 dez

20643437

Mesmo com Blue Jasmine, seu mais recente filme ainda b0mbando por aí, o diretor Woody Allen já planeja seu próximo trabalho e com data de estreia definida.

O próximo longa do cineasta Magic in the Moonlight, contará com estrelas como Colin FirthEmma StoneMarcia Gay Harden e Jacki Weaver. A obra será totalmente rodada na França e estreara dia 15 de agosto de 2014 aqui no Brasil.

Enquanto isso, Blue Jasmine está a todo vapor na corrida para o Oscar, principalmente na categoria de Melhor Atriz com Cate Blanchett, uma das favoritas ao prêmio e digo, merecidamente.

News: Jogos Vorazes – Em Chamas e Blue Jasmine estreiam hoje!

15 nov

Imagem

Hoje, sexta-feira, dia 15 de novembro de 2013, feriadão de Proclamação da República, temos algumas das estreias mais aguardadas do ano.

Estamos falando de Jogos Vorazes- Em Chamas que vem com status de “mega produção” e para nossa sorte, estreia primeiramente no Brasil (chupa essa!). Além disso, para os amantes de um cinema mais refinado, temos a estreia no grande circuito de Blue Jasmine, do diretor Woody Allen. O longa foi um dos maiores destaques do Festival do Rio 2013, e digo, é um dos melhores trabalhos de Allen, se não o melhor. Veja a crítica de Blue Jasmine aqui no Foca na Pipoca!

Jogos Vorazes – Em Chamas:

“Este é o segundo volume da trilogia Jogos Vorazes, baseada nos romances de Suzanne Collins. A saga relata a aventura de Katniss (Jennifer Lawrence), jovem escolhida para participar aos “jogos vorazes”, espécie de reality show em que um adolescente de cada distrito de Panem, considerado como “tributo”, deve lutar com os demais até que apenas um saia vivo. Neste segundo episódio da série, após a afronta de Katniss à organização dos jogos, ela deverá enfrentar a forte represália do governo local, lutando não apenas por sua vida, mas por toda a população de Panem.”

 

Blue Jasmine:

“Uma mulher rica (Cate Blanchett) perde todo seu dinheiro e é obrigada a morar em São Francisco com sua irmã (Sally Hawkins), em uma casa muito mais modesta. Ela acaba encontrando um homem (Alec Baldwin) na Bay Area que pode resolver seus problemas financeiros, mas antes ela precisa descobrir quem ela é, e precisa aceitar que São Francisco será sua nova casa.”

 

Sinopses por AdoroCinema

Crítica: Blue Jasmine (2013)

3 out

Imagem

Sabe, eu nunca fui muito fã de Woody Allen como algumas pessoas são. Na verdade, eu gosto de alguns filmes bem pontuais como Manhattan ou Vicky Cristina Barcelona. Odiei Meia Noite em Paris com todas as minhas forças e depois desse, fiquei com trauma do diretor. Entretanto, eis que me pego lendo a sinopse de seu último filme, Blue Jasmine e, fiquei muito curioso, principalmente pela parceria até então inédita com a atriz Cate Blanchett.

Blue Jasmine estreou no Festival do Rio 2013 como um dos maiores destaques depois de tanto a crítica falar bem dele. Nos EUA o filme causou um tremendo alvoroço, chegando até a ser intitulado como um dos melhores trabalhos de Allen. E posso dizer? Eles tiveram razão, o longa é realmente brilhante!

A trama aborda a vida de Jasmine (Cate Blanchett), uma mulher rica, mimada, mal acostumada e todos aqueles estereótipos da alta sociedade. A princípio, o casamento com seu marido Hal (Alec Baldwin) vai indo de vento em popa, mas quando ela menos espera, o seu mundo encantado desmorona e seu marido vai parar na cadeia. Sem dinheiro, ela decide ir para a casa de sua irmã pobre Ginger (Sally Hanwkins), mas Jasmine precisará se adequar a uma outra realidade, já que estava totalmente habituada ao luxo.

Digo, quando Woody Allen quer fazer uma coisa bem feita, ele consegue. Acho que nem precisariam mais realizar a premiação da categoria de melhor atriz no Oscar 2014, pois com certeza o prêmio já pertence a Cate Blanchett. Que Blanchett e uma ótima atriz eu sei e não é de hoje, mas em um trabalho tão bem feito como esse eu nunca tinha visto. A atriz está perfeita desde a primeira cena e mesmo encarnando uma personagem que teria cem por cento de chances de se tornar caricata ou estereotipada, ela consegue fugir de tudo isso e nos apresenta algo totalmente fascinante. Cate insere com perfeição o tom de esquizofrenismo da personagem, que vai ganhando mais vida a cada cena. É incrível ver a expressão no rosto da atriz e a naturalidade com que ela faz aquilo. É impressionante!

Para não dizer que o filme se resume ao papel de Cate Blanchettna verdade poderia-, alguns outros pontos altos foram a direção de Allen, fato, a belíssima narrativa apresentada, com elementos do presente e passado de forma com que o expectador consiga acompanhar. A fotografia é belíssima e a trilha também é outro encanto.

Recomendo demais a vocês! Na verdade eu dei sorte, pois quando cheguei no cinema o filme já estava lotado, mas por um acaso tinha uma mulher, uma professora, que estava com um ingresso sobrando, pois o amigo não pôde ir. Ela estava vendendo o ingresso e eu com sede de comprá-lo. Poderia ser melhor?

Por isso, se puderem, não deixem de conferir esta maravilhosa obra!

Trailer:

News: Veja os destaques do Festival do Rio 2013 para o fim de semana

28 set

Imagem

Não sabe o que assistir no fim de semana? Pois bem, o Foca na Pipoca apresenta a você os destaques do Festival do Rio 2013 para os dias 28 e 29 de setembro.

Blue Jasmine

É o novo longa do diretor Woody Allen que conta a história de uma americana rica (Cate Blanchett), que após perder a sua fortuna, passa a viver sem luxo na casa de sua irmã pobre (Sally Hawkins). O longa foi muito elogiado nos EUA e é um dos maiores destaque do Festival.

Panorama do Cinema Mundial (Classificação: 12 anos)
29/09 – 21h30 Cinemark Downtown 10

 

Só Deus Perdoa

Ryan Gosling está de volta em mais um filme impactante e cheio de violência. Depois de Drive, o diretor dinamarquês Nicolas Winding Refn seguiu a mesma linha, chamando o mesmo ator do anterior para realizar Só Deus Perdoa. O longa apresenta a trama de um traficante de drogas que pretende vingar a morte de seu irmão.

Panorama do Cinema Mundial (Classificação: 16 anos)
28/09 – 14h Roxy 3
28/09 – 19h Roxy 3

 

Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses 

E o festival também tem programação para os pequenos. Na verdade, esse é talvez seja o filme mais aguardado do evento e pelos Fãs de Dragon Ball Z também. A animação se passa depois da batalha travada em Majin Buu, quando o equilíbrio da Terra é ameaçado e Goku é forçado a enfrentar uma grande batalha para salvar o planeta.

Midnight Movies (Classificação: 10 anos)
28/09 – 21h30 Cinemark Botafogo

 

Como Não Perder Essa Mulher?

Com Scarlett Johansson e Julianne Moore, o filme é o primeiro trabalho como diretor de Joseph Gordon-Levitt. A película conta a história de Jon (Levitt), que após se apaixonar por Bárbara (Johansson), terá de abandonar alguns de seus hábitos do passado para que tudo dê certo e consigam ficar juntos.

Panorama do Cinema Mundial (Classificação: 14 anos)
28/09 – 16h30 Cinépolis Lagoon 5
28/09 – 21h30 Cinépolis Lagoon 5

%d blogueiros gostam disto: