Tag Archives: Marvel

Crítica: Deadpool (2016)

11 fev

 

deadpool_12

Recentemente apareceu a oportunidade de conferir o primeiro filme solo do personagem mais irreverente do Universo Marvel, o mercenário Deadpool.

Deadpool na verdade se mostrou pela primeira vez no ano de 1991 como sendo um vilão em “New Mutants”. Sua personalidade é totalmente diferente da de outros heróis como Capitão América, Thor ou qualquer um dos X-Men. Wade Wilson (Ryan Reynolds), seu nome real, é um perfeito anti-herói, que chegou a sofrer grandes traumas em sua vida como a morte prematura de sua mãe, o alcoolismo do pai, entre outras coisas que o ajudaram a entrar para o mundo do crime.

Além de tudo isso, Deadpool também se destaca por seu comportamento fora do normal, cheio de piadas prontas e quase nenhuma consciência moral. E há quem diga que ele corre pelo lado da pansexualidade, já tendo flertado inclusive com o Homem-Aranha.

O roteiro adaptado por Rhett Reese e Paul Wernick é bastante sucinto no quesito “trama central”. Os cineastas preferiram fazer um mix de coisas que já rolaram com Deadpool nos quadrinhos, a ter de narrar mais um “era uma vez” como geralmente acontece com os títulos da Marvel. Para falar a verdade, isso só torna as coisas mais interessantes para o espectador, pois o filme passa a ficar mais dinâmico, como assim foi.

Com uma narrativa atemporal, o longa acontece quando Wade já está familiarizado com o seu alter-ego em meio à uma missão pessoal. Durante todo o filme, passado e presente são intercalados de uma maneira bastante ligeira, mas ao mesmo tempo totalmente compreensível. A trama se volta para a vingança de Deadpool contra Ajax (T.J. Miller), que na história é quem o transforma no mutante imortal com a promessa de curá-lo de um câncer terminal. O tratamento dá certo, porém o deixa completamente desfigurado e isso o transtorna profundamente, já que o mesmo sente receio de ser rejeitado por sua namorada Vanessa (Morena Baccarin).

Para quem é fã dos quadrinhos e até aqueles que acompanham com certo afinco o Universo Marvel, a trama talvez desaponte um pouco, visto que muitas coisas são embaralhadas para que exista um certo encaixe dentro da 1 hora e 46 minutos que o filme possui. Para quem não sabe, a sinopse da película é baseada no capítulo chamado de “Arma X” nas HQs, um programa de desenvolvimento super-humano administrado pelos governos do Canadá e Estados Unidos, e que também teve como cobaia o mutante Wolverine. Todavia, a luta final contra Ajax, seu relacionamento com a Cega Al, assim como a aparição de Colossus e Negasonic, surgem e se relacionam como se tudo fosse de fato originário de um mesmo período, o que na verdade não é. Mas como a produção não foi feita apenas para os geeks, acho que o resultado final ficou interessante.

Ryan Reynolds depois de ter trocado a DC pela Marvel definitivamente, conseguiu se sair bem como o anti-herói incompreendido. Com seu lado sarcástico e ligeiramente cômico, seu Deadpool conquistou o público, visto que durante a exibição a plateia não parava de rir. Outro ponto alto da obra sem sombra de dúvidas foram as piadas repletas de referências da cultura pop. Uma delas inclusive teve relação com o seu trabalho em Lanterna Verde (2011), fazendo uma analogia com fracasso do filme de Martin Campbell. Devo admitir que algumas piadas não chegaram a funcionar para mim, mas penso que isso seja um tanto quanto subjetivo da minha parte, ou não?

Além do que já foi citado, o longa do herói apresenta algumas cenas de ação bem feitas e intercaladas com o bom humor da trama no estilo “Kick-Ass”. Outros atores como Morena Baccarin, T.J. Miller e Ed Skrein (Weasel) aparecem sem tanto destaque. Já a trilha sonora chega como algo incomum a filmes de ação, porém não para este em específico.

A conclusão a que se pode chegar é que Deadpool é um bom filme, sem sombra de dúvidas, bem superior a outros produzidos pela Marvel, mas não chega a ousar e tenta se adequar ao clichê mundo dos blockbusters. Acredito que o protagonista tem sim bastante potencial e carisma, porém tudo precisa ser levado a sério, principalmente o lado mentalmente instável que ele possui. No mais, a obra garante uma excelente diversão e acredito que vá conquistar o público.

Trailer:

*Crítica também publicada no site Blah Cultural

News: Assista ao trailer destruidor de X-Men: Apocalypse

11 dez

x-men-apc-feature-hd

Sem rodeios, o primeiro trailer de X-Men: Apocalypse já chega mostrando a que veio. Cheio de efeitos especiais, apontando a presença de heróis como Tempestade (Alexandra Shipp), Norturno (Kodi Smit-McPhee), Jubileu (Lana Condor), entre outros, a produção promete ser uma das maiores estreias do ano que vem.

No vídeo temos a iminência de uma grande batalha: de um lado vemos o vilão Apocalipse e seus cavaleiros, juntamente com Magneto (Michael Fassbender); e do outro os X-Mens liderados por Mística (Jennifer Lawrence) e Xavier (James McAvoy).

Apesar de todo aquele bafafá sobre o visual de Apocalipse não ser fiel aos quadrinhos, parece que sua pompa de poderoso no filme não fica pra trás não. Ficou curioso? Dá só uma olhada!

X-Men: Apocalypse estreia dia 19 de maio de 2016.

Trailer:

News: Channing Tatum revela detalhes sobre o filme solo de Gambit

25 maio

NExUkBkTbJKoBA_3_b

O astro Channing Tatum abriu o jogo sobre o filme solo do mutante Gambit, em entrevista ao site Empire Magazine.

Entre algumas declarações, o protagonista de Magic Mike XXL, que estreia em julho desse ano, disse que se identifica muito com o personagem dos quadrinhos:

“Eu amo o Gambit. Eu cresci no sul, meu pai é de Loiuisiana. Nós depois fomos para New Orleans e eu escutei todos os dialetos. Eu me sentia muito diferente das outras pessoas dos Estados Unidos pois nós tínhamos nossa própria cultura. Isso fez com que eu me identificasse com ele [Gambit]. Ele sempre me pareceu o X-Men mais real. Ele tem uma alma torturada e não é um mocinho, nem um vilão. Ele segue seu próprio caminho e, é claro, joga cartas, bebe e domina artes marciais!” declarou o ator.

Para quem não sabe, Gambit faz parte do universo dos X-Men, ele é o alter-ego de Remy LeBeau, um ladrão bastante esperto que possui a capacidade de explodir coisas. Normalmente ele se utiliza de cartas de baralho para isso. O personagem apareceu pela primeira vez nas HQs da Marvel em 1990. No cinema, o mutante já foi interpretado por Taylor Kitsch em X-Men Origins: Wolverine (2009).

A aventura solo de Gambit só estreia dia 7 de outubro do ano que vem. No entanto, as gravações do mesmo ainda nem começaram. O que se sabe é que Joshua Zetumer (RoboCop) está trabalhando em um roteiro, que inclusive o próprio Tatum declarou como “incrível”.

“Nós vamos mover as peças neste filme. Esses filmes são sempre sobre salvar o mundo, mas talvez nós mudemos um pouco mais as coisas dessa vez. Existem várias maneiras de contar uma história de origem. Podemos fazer como Batman Begins ou seguir a rota Guardiões da Galáxia. Tudo que eu posso dizer é que eu estou muito animado”, disse Tatum.

É esperar para ver!

News: Asa Butterfield é o escolhido para interpretar o novo Homem-Aranha

15 maio

ads_aranha30

O mistério acabou!

Quem de fato irá interpretar o Homem-Aranha nas próximas produções da Marvel e Sony Pictures é o ator Asa Butterfield (A Invenção de Hugo Cabret).

Desta vez a Sony e a Marvel uniram forças para fazer este trabalho acontecer. Então a Sony liberará o seu herói para produções da concorrente como VingadoresCapitão América: Guerra Civil, e a Marvel terá de ajudar a multinacional japonesa no próximo filme solo de Peter Parker.

Capitão América: Guerra Civil irá estrear em 28 de abril de 2016 e o novo Homem-Aranha está programado para debutar em 28 de julho de 2017. Os dois filmes já devem contar com Butterfield no papel.

Crítica: Vingadores: Era de Ultron (2015)

26 abr

528824.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Sai da frente que hoje eu tô inspirado e resolvi falar também de Vingadores: Era de Ultron. Na verdade nem acredito que consegui assistir esse filme no dia da estreia, mesmo que tenha sido na sessão de uma hora da tarde, mas consegui!

Esse segundo longa dos Vingadores chegou cheio de expectativas e movimentações dentro do mundo da Marvel. Além disso, tivemos a participação de vários heróis novos como a Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), Mercúrio (Aaron Taylor-Johnson) e o Visão (Paul Bettany). Definitivamente ele precisava arrasar e acho que conseguiu.

Na nova trama, Tony Stark (Robert Downey Jr.) para poder proteger o mundo de futuras ameaças, decide criar um sistema de inteligência artificial altamente capacitado. Só que ele não poderia imaginar que alguma de suas experiências pudesse dar errado. Um programa chamado Ultron (voz de James Spader) começa a criar vida própria e ser capaz de articular um plano para “salvar o planeta terra”. Apenas que o seu tipo de salvação inclui exterminar toda uma população para o renascimento de outra. Então para que a raça humana não seja completamente dizimada, o Homem de Ferro se junta a seus amigos: Capitão América (Chris Evans), Thor (Chris Hemsworth), Hulk (Mark Ruffalo), Viúva Negra (Scarlett Johansson) e Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) para enfrentar mais esse perigo.

Como falei anteriormente, nessa película tivemos a aparição da Feiticeira Escarlate e do Mercúrio. Os dois surgiram pela primeira vez em um filme dentro do universo Marvel, na cena pós-créditos de Capitão América 2: O Soldado Invernal (2014). Talvez tenha sido por isso que o longa pareceu meio que uma continuação desse momento, a partir de um ataque à base da Hydra.

Outra curiosidade sobre Wanda e Pietro é que na verdade eles fazem parte do universo dos X-Men, inclusive o próprio Mercúrio apareceu tanto em X-Men: Primeira Classe (2011), como em X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (2014). E a Fox é quem possui os direitos sobre os heróis do Professor Charles Xavier, tanto que para eles aparecerem nessas produções da Marvel/Disney, tiveram que repensar a condição de “mutantes” para ambos.

Vingadores: Era de Ultron chegou cheio de ação e algumas situações novas, como a relação mais íntima entre a Viúva Negra (Scarlett Johansson) e Bruce Banner (Mark Ruffalo), vulgo Hulk. Os diálogos foram além de inusitados, bem engraçados. Eu particularmente fiquei surpreso, pois não acompanho os quadrinhos e pra mim ela tinha um caso com o Gavião Arqueiro (Jeremy Renner), mas tudo bem (rsrsrs). Aliás isso faz ligação com uma outra surpresa do filme que logicamente não posso revelar agora.

Eu fiquei pensando: não é que essa produção possui uma mensagem por trás de todo aquele “bang-bang” superficial? Pois é! A partir de todo um discurso de paz quase sempre existe uma verdade velada. É interessante traduzir isso para nossa realidade, pois é o que acontece, principalmente quando se trata de algumas religiões. Essas mesmas vivem pregando um mundo menos pecaminoso sob condições absurdas e muitas vezes diminuindo o direito dos outros.

Gostei da direção de Joss Whedon e da agilidade e eficiência com que tudo aconteceu. Só não gostei de terem podado a Feiticeira Escarlate, achei que ela ficou muito contida e não deu pra ter a noção do grande poder que essa menina tem. Só pra você ter uma ideia, existe uma parte nas HQs chamada Dinastia M, em que ela cria uma nova realidade e extermina 99% dos mutantes da terra. A bicha é definitivamente destruidora (ahahaha).

Sobre o efeitos especiais eu particularmente gostei bastante, além da fotografia belíssima. Acho que tivemos uma boa execução e boas surpresas. Recomendo para todos os leitores do Foca na Pipoca!

Trailer:

 

 

News: Feiticeira Escarlate aparecerá em Capitão América 3!

24 abr

20664723

Elizabeth Olsen, a intérprete da Feiticeira Escarlate em Os Vingadores: Era de Ultron, confirmou a presença de sua personagem também em Capitação América 3 – Gerra Civil.

Além da jovem atriz, o terceiro longa da franquia do herói interpretado por Chris Evans também terá a presença do Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Viúva Negra (Scarlett Johansson), Falcão (Anthony Mackie), Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) e Pantera Negra (Chadwick Boseman).

Capitão América 3 – Guerra Civil possui direção dos irmãos Joe e Anthony Russo e sua estreia está agendada para 28 de abril de 2016.

News: Os Vingadores 2 estreia com polêmica na Alemanha

23 abr

maxresdefault

Mal estreou e Os Vingadores: Era de Ultron já é alvo de muita polêmica na Alemanha.

De acordo com o site Frankfurt Allgemeine, várias salas de cinema do país estão organizando um boicote ao longa por causa das altas taxas que a Disney impôs para a exibição do mesmo.

A fonte informa que a empresa americana está cobrando uma margem de 53% em cima dos ingressos vendidos. A taxa foi considerada abusiva e os cinemas alemães estão com receio de que outros estúdios também comecem a cobrar percentuais parecidos.

Os Vingadores: Era de Ultron estreia hoje no Brasil em 1200 sala por todo país. Já nos EUA ele só debutará no dia 1º de maio.

News: Angelina Jolie está cotada para dirigir filme solo da Capitã Marvel

16 abr

09-capita-marvel-angelina-jolie

Por essa ninguém esperava!

Angelina Jolie está com tudo! Depois de ter se consagrado como atriz e ícone pop, a mulher de Brad Pitt resolveu investir na direção de longas-metragens, um de seus últimos trabalhos foi o filme Invencível do ano passado.

Pois bem, o babado agora é que a dona dos lábios mais famosos de Hollywood está cotadíssima para liderar as filmagens de Capitã Marvel, longa que contará a história da agente da CIA Carol Denvers. Jolie também estava na disputa pela direção de Mulher-Maravilha pela Warner / DC, porém as negociações esfriaram e a empresa deu o cargo para Patty Jenkins.

Capitã Marvel tem estreia prevista para 1 de novembro de 2018.

News: Hugh Jackman se despede de Wolverine

29 mar

262378

Notícia triste para os fãs de Wolverine e principalmente os de Hugh Jackman. É que recentemente o ator, contrariando todas as expectativas, anunciou em sua conta no Instagram que Wolverine 3 será seu último filme como o mutante de garras afiadas.

“WOLVERINE …ONE LAST TIME. HJ” 😦

11049129_642566965843471_1600441992_n

Mas fiquem calmos! O ator ainda irá figurar como o personagem em X-Men: Apocalipse, que estreia dia 26 de maio de 2016 aqui no Brasil. Já o terceiro filme solo de Logan estreia só em 3 de março de 2017.

 

News: Bryan Singer define a intérprete de Jubileu em X-Men: Apocalipse

26 mar
ads_jubi

Lana Condor viverá a mutante Jubileu em X-Men: Apocalipse

 O diretor de X-Men: ApocalipseBryan Singer, acaba de anunciar em sua conta no Instagram a intérprete da mutante Jubileu, que aparecerá no novo filme.

A atriz escolhida é a asiática Lana Condor, uma estreante no mundo cinematográfico, que terá a missão de dar vida a uma das mutantes mais jovens da Escola Xavier para Superdotados.

Jubileu é conhecida por sua personalidade forte, tiradas engraçadas, um look bem jovial com um sobretudo amarelo e seus fogos de artifícios.

Além da menina espevitada, a película terá a presença dos mutantes Jean Grey (Sophie Turner), Ciclope (Tye Sheridan), Tempestade (Alexandra Shipp) e Noturno (Kodi Smit-McPhee). Além desses, teremos participações de Channing Tatum como o Gambit, Evan Peters (Mercúrio) e Nicholas Hoult (Fera). O ator Oscar Isaac interpretará o vilão Apocalipse.

X-Men: Apocalipse estreia no Brasil dia 26 de maio.

%d blogueiros gostam disto: