Tag Archives: Leigh Whannell

Crítica: Sobrenatural: A Origem (2015)

3 ago

filmes_7824_poster-sobrenatural-origem

Sobrenatural: A Origem finalmente chegou aos cinemas brasileiros. E eu, que sou claramente um fã da franquia, desde o primeiro filme em 2010, não podia ficar de fora dessa. Quando o primeiro longa foi lançado, lembro que o assisti pelo menos umas 3 vezes no cinema. De fato, essa primeira experiência me marcou bastante, assim como aconteceu com Extermínio 2 (2007).

Dessa vez, a franquia que anteriormente fora dirigida pelo grande James Wan, ficou a cargo do também talentoso Leigh Whannell, criador de todo esse universo macabro. O nome de Whannell pode parecer estranho para alguns, mas além de roteirizar e atuar em todos os três longas da franquia Insidous, o cineasta também já fez muito barulho em  Jogos Mortais, além de ter escrito outros títulos como Gritos Mortais (2007) e Cooties, um filme de zumbis, com comédia e terror, que estréia 18 de setembro nos Estados Unidos, mas que já deu as caras por lá no Sundance Film Festival, em janeiro deste ano.

Nesta terceira parte, titulada como “a origem”, a premissa era contar o que havia ocorrido com Elise (Lin Shayne) antes do caso da família Lambert. Na verdade, a gente meio que já sabia a ligação que ela tinha com a mãe de Josh (Patrick Wilson), mas precisávamos de algo mais profundo. Na nova trama, a jovem Quinn (Stefanie Scott), determinada em fazer contato com sua mãe já falecida, resolve procurar Elise (Shayne), uma paranormal já conhecida por seus trabalhos no ramo. No entanto, a médium repara que existe algo muito estranho assombrando a menina. Elise identifica que quando a garota chama por sua mãe, outras entidades podem ouvir, e nem sempre elas são amigáveis. O drama se instala quando esse espírito do mal decide se aproveitar da ingenuidade de Quinn, para possuir seu corpo e levá-la para o mundo dos mortos. A partir desse momento, Elise, Specs (Leigh Whannell), Tucker (Angus Sampsom) e a família da jovem, juntam seus esforços para trazê-la de volta.

Sobrenatural é uma franquia que vem conseguindo uma linearidade dentro do que se propõe a fazer, pois nunca decepciona ao ponto de estragarem tudo. Na verdade, isso se deve aos trabalhos em conjunto de toda a produção, principalmente de Whannell e James Wan, que estão juntos desde o primeiro filme. Além disso, como Leigh é um declarado fã de filmes de terror, isso acaba se tornando um “plus” para o resultado final.

Insidious: Chapter 3, título original, é um filme que consegue se manter dentro de tudo o que já vimos acontecer. Com cenas escuras, planos fechados e a excelente trilha que lhe é particular, a película consegue arrancar bons sustos do público. O roteiro também chega a ser interessante, apesar de um pouco desgastado, devido às tramas anteriores, mas a ligação que Whannell conseguiu fazer entre todos o longas da franquia, e de forma bem sutil, elevou Sobrenatural – A Origem a um outro patamar.

Apesar de parecer uma coisa idiota, os elementos de comédia , como algumas situações e falas da personagem de Lin Shayne durante a trama, serviram para aproximar o espectador e criar uma ligação de identificação com a heroína da história. No final a gente acaba meio que torcendo por ela mais do que devia (heheheh). Isso inclusive foi bem trabalhado, pois não chegou a tirar o tom mais sério da película, apenas acrescentou um algo a mais.

As atuações estão bem colocadas, mas sem nenhuma surpresa. Apenas achei Shayne um pouco forçada em algumas cenas, principalmente às que mostravam o desenvolvimento de seu drama pessoal. Nada que oferecesse perigo ao conjunto da obra.

Sobrenatural – A Origem não chega a ser uma grande surpresa, mas serviu como um bom prólogo para as tramas anteriores. Todavia, se você que ir assistir a um bom filme de terror, é uma ótima pedida. Vá, leve seus amigos e se divirta bastante! 😉

TRAILER:

News: Assista ao novo trailer legendado de Sobrenatural 3

3 abr

Escrito e dirigido por Leigh Whannell, seu criador, Sobrenatural: A Origem (agora com título definitivo) ganha mais um trailer legendado em português.

poster-sobrenatural-origem

O novo filme irá abordar uma outra história, ele será um prólogo da franquia, que trará Elise (Lin Shaye) tendo se ajudar uma menina que está sendo assombrada por uma entidade maligna.

Sobrenatural: A Origem estreia dia 20 de agosto no Brasil.

Trailer:

News: Sobrenatural: Capítulo 3 ganha novo trailer

13 mar

elise

Cotado para estrear no dia 5 de junho nos Estados Unidos, Sobrenatural: Capítulo 3 ganha mais um trailer super aterrorizante.

o longa dessa vez será dirigido por Leigh Whannell (criador da obra). A intenção nesta terceira parte é realizar um prequel da franquia, abordando acontecimentos antes da família Lambert. Agora Elise Rainier (Lin Shaye) irá ter de ajudar uma menina a se livrar de uma entidade que anda lhe atormentando.

News: Saiu o primeiro trailer de Sobrenatural: Capítulo 3, vem!!!

24 out

insidious-3-banner-insidious-chapter-3-leigh-whannell-to-direct

Saiu!!! Ai Rosana, tô tremendo!!! Essa, depois de Extermínio, é a franquia de terror da minha vida!!!!

A Focus Features acabou de divulgar o primeiro trailer de Sobrenatural: Capítulo 3, que dessa vez traz Leigh Whannell na direção do mesmo. Eu estava quase indo dormir quando vi o trailer, mas fiquei tão impressionado que tive de vir aqui postar.

Nesta terceira parte uma nova família é assombrada por espíritos malignos. A trama irá se passar antes dos acontecimentos com a família Lambert, do primeiro e segundo longa. Na história, uma adolescente (Stefanie Scott) começa a sofrer constantes ataques de uma entidade maligna e precisa da ajuda de Elise (Lin Shaye), que ainda se encontra relutante em utilizar suas habilidades para fazer contato com os mortos.

sobrenatural3-624x419

Sobrenatural: Capítulo 3 estreia dia 29 de maio de 2015 nos EUA, porém ainda não tem uma data certa para debutar no Brasil. No elenco do filme temos também nomes como Dermot Mulroney, Angus Sampson, Hayley Kiyoko e o próprio Leigh Whannell, que atua mais uma vez como o ajudante da personagem de Lin Shayne no longa.

Trailer:

News: Vem aí Jogos Mortais 8!!!

17 out

085433

E para quem não acreditava essa notícia vem como um tapa na cara! (rsrsrs).

Jigsaw está de volta, ou melhor, os jogos macabros orquestrados por ele. Essa é a notícia da semana!

Assim, eu particularmente fiquei cansado da franquia a partir do 3º filme. Daí por diante erram feio a mão, porém a fórmula ainda pode surpreender se realizado por gente realmente capacitada. É então que Leigh Whannell e James Wan, criadores da franquia, aparecem novamente para um oitavo filme.

A notícia foi dada após as declarações dos produtores Mark Burg e Oren Koules:

“Quando Jogos Mortais chegou, James Wan e Leigh Whannell tinham muito medo de serem conhecidos como ‘os caras de Jogos Mortais’, e eles estavam tentando construir uma marca própria. Agora eles construíram uma marca própria [os cineastas trabalharam em Sobrenatural e Invocação do Mal] e se sentem à vontade para retornar. Nós vamos fazer isso. James e Leigh vão colocar a sua marca”.

Eles ainda disseram: “Está na hora. James está concluindo o seu filme [Velozes & Furiosos 7]. Leigh está concluindo o seu filme [Sobrenatural: Capítulo 3]. Todos têm tempo, e está na hora”.

Gente, apesar de tudo, eu ainda acredito que possa sair algo de útil daí, visto que Leigh Whannell e James Wan estão muito mais experientes do que nunca, após terem feito ótimos filmes como Invocação do Mal (2013) e Sobrenatural (1º e 2º filme). Vamos ver!

News: Data de estreia de Sobrenatural: Capítulo 3 é revelada!

4 jul

310368

Finalmente foi confirmada a data de estreia da terceira parte de uma das franquias de terror mais assustadoras de todos os tempos. Sobrenatural: Capítulo 3 debutará no dia 29 de maio de 2015, segundo a Sony Pictures.

E a novidade não para por aí não! A companhia também anunciou que Patrick Wilson e Rose Byrne não retornarão para seus papéis no filme, e que a nova trama irá se focar em uma outra família. Nomes como Dermot Mulroney (A Perseguição), Stefanie Scott (Sexo Sem Compromisso) e Leigh Whannell (Jogos Mortais VI) estão confirmados no elenco.

Sobrenatural: Capítulo 3 terá Leigh Whannell trabalhando também na direção e James Wan como um dos responsáveis pela produção do longa. Vale lembrar que Wan foi quem dirigiu os dois primeiros e Whannell acompanhava o roteiro.

Não preciso dizer o quanto estou ansioso….hehehe 😉

Trailer – Sobrenatural (2010)

Trailer – Sobrenatural: Capítulo 2 (2013)

News: Sobrenatural: Capítulo 3 ganha diretor

9 maio

cena-do-filme-sobrenatural-capitulo-2-de-james-wan-jogos-mortais-e-invocacao-do-mal-estrelado-por-patrick-wilson-a-sequencia-conta-a-historia-da-familia-lambert-que-busca-desvendar-o-1379695442356_956x500

Focus Features, em conjunto com a Entertainment One, Sony Pictures Worldwide Acquisitions e a Blumhouse Productions anunciaram que a terceira parte da franquia de Sobrenatural (Insidious) terá Leigh Whannell como diretor.

Whannell já esteve a frente dos roteiros do primeiro e segundo filme, então praticamente a atmosfera aterrorizante do longa, não será problema para ele.

“É com grande prazer que nos entregamos a franquia “Sobrenatural” para o co-criador Leigh Whannell. Estamos todos animados para ver em que direção Leigh levará a próxima entrega”, disse Peter Schlessel, presidente da Focus Features.

A gravações de Sobrenatural: Capítulo 3 começam no próximo dia 7 de julho e terá Oren Peli, James Wan e Jason Blum participando da produção, ou seja, está tudo em casa! 😉

A estreia deve acontecer em abril de 2015. Já podemos virar o ano produção ? (rsrs)

Crítica: Sobrenatural: Capítulo 2 (2013)

24 nov

sobrenatural-2-capitulo

A minha espera finalmente terminou. Estava ansioso para ver este filme desde antes mesmo dele ter sido confirmado pela produção. Em 2010, fui eu ao cinema sem grandes expectativas e saí de lá totalmente extasiado e morrendo de medo (heheheeh). A coisa foi tanta, que me permiti ir ao cinema várias outras vezes só para ver a reação dos meus amigos e, é claro, assisti-lo para entender mais um pouco, pois todo mundo sabe, nem sempre da primeira vez dá pra sacar todas as mensagens de uma vez só, uma hora ou outra você deixa passar algo e a informação não fica completa.

Então, como daquela vez saí totalmente vibrante do cinema, nesse novo longa, já criei muitas expectativas, até pelo fato de James Wan ter dirigido este longa da mesma forma. Considera-se que Wan já merece os aplausos por Invocação do Mal, também lançado este ano, e quando se trata de um dos melhores filmes de terror dos últimos tempos, a coisa fica ainda mais sinistra.

Sobrenatural: Capítulo 2 retoma praticamente quase tudo o que aconteceu no primeiro filme. Com todo o elenco de volta nesta segunda parte-isso foi muito bom-, a trama gira em torno do mistério que rondava a vida de Josh (Patrick Wilson). Logo após ele voltar do mundo dos mortos trazendo seu filho Dalton (Ty Simpkins) de volta e dessa vez acordado (hehehe), sua esposa Renai (Rose Byrne) e sua mãe Lorraine (Barbara Hershey), ainda conseguem perceber que nem tudo voltou ao normal, pois aparições e espíritos continuam a assombrar a casa. Tentando entender o caso, Renai resolver chamar a velha equipe de “caça-fantasmas”, que já os tinham ajudado no caso de Dalton, só que agora sem a presença de Elise (Lin Shayne), que morreu misteriosamente. Se já não estava fácil para a família Lambert, agora Dalton percebe que existe algo de diferente em seu pai. Daí por diante, a coisa fica cada vez mais sinistra.

Assim, pelo que andei lendo por aí, algumas pessoas ficaram um pouco decepcionadas pelo fato do filme não assustar tanto quanto o anterior, fato! Na verdade, o que eu consegui captar desta segunda parte, é que ela tentou ir para algo mais consistente, não ficando apenas baseada nos sustos. Eles existiram, é claro! Mas o que consegui notar, e na verdade foi o que senti, que James Wan quis trabalhar mais o terror psicológico e os momentos de tensão, tanto é que a trilha sonora neste novo filme foi essencial para que cada cena tivesse seu impacto. Os sustos, aqueles que fazem você levantar da cadeira realmente foram poucos, mas os momentos tensos, aqueles que fazem você ficar totalmente encolhido tiveram aos montes. No final, não achei que ficou tão inferior assim em relação ao primeiro.

Devo parabenizar novamente Wan pela direção e Leigh Whannell pelo excelente roteiro. Whannell conseguiu idealizar uma história muito bem construída e amarrada, o que fez com que tudo se tornasse ainda mais interessante, pois não foi aquela trama clichê que todo mundo espera de um filme de terror, ao contrário, ele conseguiu surpreender e correlacionar várias coisas entre o primeiro e o segundo longa. Já a parte de Wan talvez tenha sido mais difícil, pois imagina, você ter de comandar um roteiro de certa forma complexo e ainda por cima deixá-lo com o aspecto mais simples e correlato possível para que o público consiga entender. A metalinguagem funciona muito bem e faz com que o expectador pense. Na verdade, só da pra entender se você assistiu o primeiro filme e ficou realmente ligado, pois se não, você acaba achando que ele é uma merda e que o diretor tá tirando uma com a sua cara.

No mais ressalto a bela fotografia, a trilha sonora que foi essencial para cada cena e todas a atuações, principalmente a de Patrick Wilson, que dessa vez teve de encarnar várias facetas em um único personagem. Ficou realmente muito bom. Recomendo demais a vocês!

Trailer:

News: Sobrenatural: Capítulo 3 já tem data de estreia!

23 nov

????????????

Mal Sobrenatural: Capítulo 2 acaba de estrar nos cinemas brasileiros e já temos a confirmação da estreia de Sobrenatural: Capítulo 3.

Esta semana a FilmDstrict e a Sony Pictures anunciaram que o longa irá estrear no dia 3 de abril de 2015 😉

Insidious: Chapter 3 terá o seu roteiro nas mãos Leigh Whannel, o responsável pelos 2 primeiros filmes. Parte do elenco também deverá voltar nesta segunda parte. Apenas o diretor James Wan, que realizou os primeiros longas, não sabe ainda se retornará ao projeto, já que esse ano ele declarou que irá se aposentar do gênero de terror.

Torcendo muito para que Wan volte, pois ele é O CARA!

%d blogueiros gostam disto: