Tag Archives: Invocação do Mal

Crítica: Annabelle (2014)

22 out

annabelle_ver2

Nossa! E como eu falei deste filme, que dizer, como a imprensa noticiou Annabelle desde que sua produção foi anunciada como uma bomba no ano passado! Desde então, no gênero de terror só dava ela. E Vou te dizer, estava realmente muito ansioso para ver esse filme.

Como todos sabem, os filmes de terror são de longe os meus preferidos, mas isso fica além do quesito qualidade. Eu realmente me divirto. Entretanto, acredito que no caso de Annabelle a expectativa foi tanta, que gerou em mim uma frustração sem tamanho.

Para quem não sabe, Annabelle é oriunda do longa Invocação do Mal (2013), que no filme de James Wan, a boneca aparecia como coadjuvante sendo mencionada em um dos casos mais sinistros que o casal de demonólogos Ed e Lorraine Warren presenciaram. Daí por diante, como geralmente essas histórias de brinquedos possuídos rendem sempre uma boa bilheteria, salvo o apavorante Chucky,  a Warner Bros. não pensou duas vezes e iniciou os trabalhos para um filme solo de Annabelle.

Nesta película a sinopse se baseia na origem da boneca, que aliás também é baseada em fatos reais, pois ela realmente existe. Um marido devoto à sua amada, diga-se de passagem devoto até demais, resolve presentear sua esposa que espera um bebê entregando-a uma boneca (Annabelle) como um gesto de carinho. O problema é que em uma noite bastante sinistra a casa dos dois é invadida por seus vizinhos totalmente descontrolados, que tentam matar a mãe do bebê. Os invasores são mortos nos recinto, porém como eles faziam parte de uma seita satânica, o espírito maligno que os acompanhavam passa a fazer parte do corpo de Annabelle. Aí a história se desenrola.

Então, como disse anteriormente, a película me decepcionou bastante. Muito do que se podia ter aproveitado em relação a sustos e uma trilha mais efetiva foi desperdiçada com takes totalmente clichês e desnecessários. Achei que estava tudo muito Nicolas Sparks no conjunto da obra em si, digo principalmente na relação entre o casal protagonista, fora outras cenas repetitivas como a dos papéis da escada, a bibliotecária entendida e a cena do elevador, que mesmo sendo totalmente clichê, acredito que tenha sido a melhor do filme.

Também achei a sonoplastia e a trilha bem fraca, podiam ter feito um trabalho bem melhor, pois é isso que dá vida a um filme de terror, bobearam. Outra, até destaco a aparição da entidade maligna lá como um ponto positivo, entretanto erraram mais uma vez ao apresentá-la em cenas sem impacto algum (o que foi quela da janela?). E para finalizar, acho que o final também poderia ter sido melhor que aquela coisa Ghost: Do Outro Lado da Vida que nos foi apresentada. Fiquei com vergonha alheia, juro!

Não destaco nenhuma atuação em si, achei até que a atriz Annabelle Wallis, que interpretou a protagonista Mia, teve um desempenho abaixo do esperado. Todavia penso que o filme merece ser visto, nem que seja para poder acompanhar o que está por vir.

Trailer:

News: Veja o primeiro trailer de Inatividade Paranormal 2

28 fev

20658632

Mesmo tendo sido detonado pela crítica como um dos filmes mais sem graça de 2013, inclusive por mim, Inatividade Paranormal obteve um certo êxito em bilheterias com mais de U$60 milhões, e ganhou uma continuação para este ano.

Desta vez, Malcolm (Marlon Wayans) se muda para uma nova residência em um bairro latino, porém os espíritos do mal continuam perseguindo-o. Essence Atkins, Cedric The Entertainer Jaime Pressly participam desta sequência. A direção está nas mãos de Michael Tiddes, que esteve à frente do primeiro filme.

Inatividade Paranormal 2 irá focar novamente em sátiras de filmes de terror, principalmente em Invocação do Mal (2013), porém ainda não tem data de estreia definida no Brasil.

Trailer:

News: Invocação do Mal 2 já tem data de estreia!

27 fev

The_Conjuring_Trailer_Banner_4_2_13

Hoje as novidades são arrepiantes, vem!

Lembra de Invocação do Mal, considerado o melhor filme de terror do ano de 2013 e um dos melhores dos últimos anos? Então, como muita gente já sabia, o longa que fez tanto sucesso e arrecadou mais de US$ 320 milhões em bilheterias, já estava super cotado para ter uma continuação, e o negócio realmente engrenou!

Recentemente, a Warner Bros. e a New Line divulgaram oficialmente a data de estreia de The Conjuring 2, título em inglês, que está cotado para estrear dia 23 de outubro de 2015 nos EUA. O filme contará novamente com Vera Farmiga e Patrick Wilson como os protagonistas da história, além de Carey e Chad Hayes no roteiro, que inclusive foram os responsáveis pelo do primeiro longa.

E antes da estreia de Invocação do Mal 2, teremos a de Annabelle, a boneca sombria que apareceu no primeiro filme, e que também ganhou uma história só sua, provavelmente deverá estrear dia 3 de outubro de 2014 nos cinemas para alegria dos fãs do gênero.

annabelle-620x330

E detalhe, James Wan, o aclamado diretor de Invocação do Mal, estará como produtor executivo de Annabelle, uau! (já pode ser pra ontem?)

News: Produtor de Invocação do Mal planeja lançar um filme sobre exorcismo baseado em fatos reais

6 fev

Invocação do Mal 9

O estúdio Evergreen Entertainment e o cineasta Tony DeRosa-Grund, que produziu o excelente Invocação do Mal (2013) e que também está a frente dos trabalhos em Annabelle, conseguiram os direitos para realizarem um filme sobre os eventos verídicos relatados pelo padre Michael Maginot, que realizou um ritual de exorcismo em uma mulher e também em seus três filhos em janeiro do ano de 2012.

O longa abordará essa história sombria, que inclusive chegou a figurar em vários meios de comunicação na época, e a polícia, o corpo de bombeiros e funcionários de um hospital de Gary em Indiana, EUA, chegaram a testemunhar o fato.

Os direitos ficaram por conta da Evergreen, que travou uma luta contra outros estúdios que também queriam adaptar a história para as telonas, inclusive a badalada Screen Gems, dona de vários títulos do gênero. Ainda não saíram mais informações sobre o elenco da obra, produção ou data de estreia, mas não deve demorar muito.

News: O longa de terror Annabelle já tem seus protagonistas definidos

4 fev
annabelle-620x330

A boneca Annabelle de “Invocação do Mal’ (2013)

Lembram da boneca Annabelle, que fez parte do longa Invocação do Mal (2013)? Pois bem, o Foca na Pipoca havia noticiado há um tempo atrás que iriam fazer um “spin-off” da obra, só que agora com a sinopse voltada para a boneca macabra.

Pois então, a New Line já andou mexendo os seus pauzinhos e já temos os protagonistas dessa nova película. Os atores Annabelle Wallis e Ward Horton foram os escalados para estrelarem esta nova produção de terror, com a direção de John R. Leonetti, que inclusive também participou de Invocação do Mal como diretor de fotografia. O filme de baixo orçamento ainda não tem data de estreia definida.

Crítica: Sobrenatural: Capítulo 2 (2013)

24 nov

sobrenatural-2-capitulo

A minha espera finalmente terminou. Estava ansioso para ver este filme desde antes mesmo dele ter sido confirmado pela produção. Em 2010, fui eu ao cinema sem grandes expectativas e saí de lá totalmente extasiado e morrendo de medo (heheheeh). A coisa foi tanta, que me permiti ir ao cinema várias outras vezes só para ver a reação dos meus amigos e, é claro, assisti-lo para entender mais um pouco, pois todo mundo sabe, nem sempre da primeira vez dá pra sacar todas as mensagens de uma vez só, uma hora ou outra você deixa passar algo e a informação não fica completa.

Então, como daquela vez saí totalmente vibrante do cinema, nesse novo longa, já criei muitas expectativas, até pelo fato de James Wan ter dirigido este longa da mesma forma. Considera-se que Wan já merece os aplausos por Invocação do Mal, também lançado este ano, e quando se trata de um dos melhores filmes de terror dos últimos tempos, a coisa fica ainda mais sinistra.

Sobrenatural: Capítulo 2 retoma praticamente quase tudo o que aconteceu no primeiro filme. Com todo o elenco de volta nesta segunda parte-isso foi muito bom-, a trama gira em torno do mistério que rondava a vida de Josh (Patrick Wilson). Logo após ele voltar do mundo dos mortos trazendo seu filho Dalton (Ty Simpkins) de volta e dessa vez acordado (hehehe), sua esposa Renai (Rose Byrne) e sua mãe Lorraine (Barbara Hershey), ainda conseguem perceber que nem tudo voltou ao normal, pois aparições e espíritos continuam a assombrar a casa. Tentando entender o caso, Renai resolver chamar a velha equipe de “caça-fantasmas”, que já os tinham ajudado no caso de Dalton, só que agora sem a presença de Elise (Lin Shayne), que morreu misteriosamente. Se já não estava fácil para a família Lambert, agora Dalton percebe que existe algo de diferente em seu pai. Daí por diante, a coisa fica cada vez mais sinistra.

Assim, pelo que andei lendo por aí, algumas pessoas ficaram um pouco decepcionadas pelo fato do filme não assustar tanto quanto o anterior, fato! Na verdade, o que eu consegui captar desta segunda parte, é que ela tentou ir para algo mais consistente, não ficando apenas baseada nos sustos. Eles existiram, é claro! Mas o que consegui notar, e na verdade foi o que senti, que James Wan quis trabalhar mais o terror psicológico e os momentos de tensão, tanto é que a trilha sonora neste novo filme foi essencial para que cada cena tivesse seu impacto. Os sustos, aqueles que fazem você levantar da cadeira realmente foram poucos, mas os momentos tensos, aqueles que fazem você ficar totalmente encolhido tiveram aos montes. No final, não achei que ficou tão inferior assim em relação ao primeiro.

Devo parabenizar novamente Wan pela direção e Leigh Whannell pelo excelente roteiro. Whannell conseguiu idealizar uma história muito bem construída e amarrada, o que fez com que tudo se tornasse ainda mais interessante, pois não foi aquela trama clichê que todo mundo espera de um filme de terror, ao contrário, ele conseguiu surpreender e correlacionar várias coisas entre o primeiro e o segundo longa. Já a parte de Wan talvez tenha sido mais difícil, pois imagina, você ter de comandar um roteiro de certa forma complexo e ainda por cima deixá-lo com o aspecto mais simples e correlato possível para que o público consiga entender. A metalinguagem funciona muito bem e faz com que o expectador pense. Na verdade, só da pra entender se você assistiu o primeiro filme e ficou realmente ligado, pois se não, você acaba achando que ele é uma merda e que o diretor tá tirando uma com a sua cara.

No mais ressalto a bela fotografia, a trilha sonora que foi essencial para cada cena e todas a atuações, principalmente a de Patrick Wilson, que dessa vez teve de encarnar várias facetas em um único personagem. Ficou realmente muito bom. Recomendo demais a vocês!

Trailer:

News: Boneca Annabelle do longa Invocação do Mal pode ganhar história própria

11 nov

Imagem

Que o longa Invocação do Mal foi um dos maiores sucessos de bilheteria e crítica do ano de 2013 todo mundo já sabe, mas a novidade agora é que a assustadora boneca Annabelle, que aparece na trama, pode ganhar um filme com uma história só dela.

A Warner e a New Line além de já estarem a postos para começarem as filmagens de Invocação do Mal 2, planejam realizar um spin off da boneca Annabelle, ainda sem título, mas a princípio com a direção de John R. Leonetti, que foi diretor de fotografia do primeiro longa.

E aí, gostou da novidade?

News: 5 dicas de filmes para assistir nesse Dia das Bruxas!

31 out

Imagem

Neste Halloween, o Foca na Pipoca lista aqui 5 dicas de filmes realmente assustadores, para que você possa celebrar esta data e de quebra pegar o fim de semana com os seus amigos, assistindo o que de melhor o cinema de terror tem para você!

Sobrenatural (2010)

Para você que gosta de filmes com temas de fantasmas e demônios atrelados à uma boa história, super indicamos Sobrenatural. O longa estrelado por Patrick Wilson e Rose Byrne é sem dúvidas um dos meus preferidos, e me fez ir ao cinema pelo menos umas 3 vezes para assisti-lo. Ele conta a história de uma família que luta com todas as forças para terem seu filho de volta, após ele entrar em uma espécie de coma, que o faz atravessar outros mundos, e com isso, despertar a ira de um poder altamente maligno.

E detalhe, em novembro desse ano teremos a segunda parte da trama!

 

Invocação do Mal (2013)

Esse ainda é recente, mas para quem ainda não viu, precisa urgentemente conferir um dos maiores destaques do gênero dos últimos anos. Invocação do Mal também tem em seu elenco o ator Patrick Wilson, juntamente com a bela Vera Farmiga. A trama do diretor James Wan apresenta a história de um casal de demonólogos (Patrick e Vera), que resolvem ir ajudar uma família que declara estar sendo assombrada por alguma força maligna em sua casa. O que eles não sabem, é que esse pode ser o caso mais sinistro de suas vidas!

 

A Morte do Demônio (1981/2013)

Esse é um clássico do terror e com certeza figura sempre no topo da lista dos admiradores do gênero. O original foi filmado em 1981 e teve em sua direção o consagradíssimo Sam Raimi. Na época o longa chocou a sociedade, chegando inclusive a ser proibido em vários países. Em 2013 tivemos o remake feito pelo também competente Fede Alvarez que não deixou por menos. Tá certo que as comparações são incabíveis, afinal, os filmes foram feitos em épocas diferentes, mas os dois têm seu valor.

Na trama, um grupo de amigos resolve ir passar uma temporada em um casa na floresta. Entretanto, o que eles não sabiam, é que o lugar havia sido palco de algo verdadeiramente tenebroso. A coisa piora quando um deles abre e lê frases de um livro totalmente macabro e que com isso, desperta uma força maligna que não os deixará sair dali vivos.

 

 

Rec (2007)

Este longa espanhol dos diretores Paco Plaza e Jaume Balagueró, é verdadeiramente alucinante! Depois da franquia Extermínio, o considero a melhor obra dentro do gênero “zumbi”. Ele apareceu em 2007 quando a técnica Found Footage estava começando a despontar dentro dos filmes de terror. Ele causou uma ótima impressão tanto para a crítica, quanto para o público.

Na trama, a repórter Ángela Vidal (Manuela Velasco), que está realizando um matéria dentro do corpo de bombeiros da cidade, é convocada a ir junto com os profissionais a investigar um caso dentro de um prédio da região. Só que eles não podiam contar que após entrarem no lugar, ficariam presos do lado de dentro e tendo de enfrentar algo totalmente macabro.

 

Extermínio 2 (2007)

Depois que o diretor Danny Boyle revolucionou os filmes de “zumbis” com o primeiro longa em 2002, o mesmo resolveu apoiar uma segunda parte da trama, só que agora deixando a direção por conta do competente Juan Carlos Fresnadillo e ficando só na produção da obra.

Com um elenco de peso como Rose Byrne, Jeremy Renner e Robert Carlyle, Extermínio 2 dá continuidade ao surto de contaminação que se alastrou pela Grã-Bretanha. Após alguns meses, os EUA conseguem conter a contaminação e resolvem repovoar uma pequena parte da cidade, dando melhores condições para os sobreviventes. Entretanto, após um terrível acidente ou obra do destino, eles se veem novamente tendo que combater um mal que pensavam já ter exterminado.

 

Essas são as minhas dicas, espero que gostem! 😉

News: O cineasta Quentin Tarantino revela os melhores filmes de 2013

7 out

Imagem

O diretor, roteirista e produtor do mundo cinematográfico Quentin Tarantino acaba de divulgar a lista dos melhores filmes de 2013 na sua opinião.

Alguns ainda não estrearam no Brasil, mas logo, logo estarão por aqui. Confira a lista!

1. As Delícias da Tarde
2. Antes da Meia-noite
3. Blue Jasmine
4. Invocação do Mal
5. Drinking Buddies
6. Frances Ha
7. Gravidade
8. Kick-Ass 2
9. O Cavaleiro Solitário
10. É o Fim

 

Crítica: Invocação do Mal (2013)

15 set

Imagem

Venho acompanhando a produção deste filme desde o início do ano passado. Pois bem, é com imenso prazer que escrevo agora a crítica deste longa que é verdadeiramente horripilante.

The Conjuring, título original, é um filme do diretor James Wan, que já fez os ótimos Jogos Mortais e Sobrenatural. Nesta nova obra, Wan continua a se aventurar no mundo dos espíritos e dos demônios com uma história muito bem elaborada. Contando com a atuação do veterano ator Patrick Wilson (Sobrenatural) e também da bela Vera Farmiga (A Órfan), o longa apresenta uma trama baseada em fatos reais, de um casal de demonólogos, Ed e Lorraine Warren (Patrick e Vera), que após receberem um pedido de ajuda de uma mulher desesperada, cuja família vem sendo assombrada por eventos sobrenaturais, resolvem ir investigar. Entretanto, eles jamais poderiam imaginar que estariam prestes a enfrentar o caso mais sinistro de suas vidas.

Invocação do Mal tem todos os elementos que devem conter em um bom filme de terror, sustos, pouca luz, uma casa esquisita, neblina e tudo mais. Além de tudo, achei que as atuações convenceram, principalmente a da atriz Lili Taylor (Inimigos Públicos), que faz a mãe pertencente à família que é assombrada. Com efeitos dentro da expectativa do filme, como cadeiras que flutuam, aparições, transformações etc, a película consegue convencer dentro do que se propõe.

Além disso, achei que a direção do filme foi muito bem conduzida, tanto é que em nenhum momento você sente qualquer sensação de tédio, pois existe muita ação desde o início da história. E no final, ele deixa um canal aberto para, quem sabe, uma sequência. Acho que seria uma boa, pois gostei demais desse primeiro. Agora, que venha Sobrenatural: Capítulo 2, quero ver do que mais James Wan é capaz (hehehehe).

Trailer:

%d blogueiros gostam disto: