Tag Archives: Aventura

Crítica: Carrossel – O Filme (2015)

27 jul

carrossel

Transmitida no Brasil entre o período de 20 de maio de 1991 a 21 de abril do ano seguinte pelo SBT, a telenovela mexicana Carrossel conquistou uma geração de crianças e adolescentes que cresceram assistindo as aventuras da turma da doce Professora Helena.

Com Carrossel, muitos dos jovens e adultos de hoje aprenderam a adquirir um pouco de paciência com o Cirilo, que a maldade não compensa com a Maria Joaquina, e que travessuras, como as do Paulo, as vezes possuem certos limites.

A novelinha infantil fez tanto sucesso, que chegou a ganhar outras continuações como Carrossel das Américas (1992), Viva às Crianças! – Carrossel 2 (2002 – 2003) e por fim uma versão com atores brasileiros no ano de 2012, totalmente produzida pelo canal de Silvio Santos.

Com essa versão tupiniquim, o sucesso que já era previsto, acabou se confirmando e o folhetim alcançou uma audiência bastante satisfatória para o SBT, assim como um grande faturamento com produtos licenciados e uma nova legião de fãs mirins completamente apaixonados. O estrondo foi tão grande, que não demorou muito para realizarem uma adaptação cinematográfica da trama infantil.

Sem a presença da Professora Helena, o filme contou com todo o elenco infantil da versão brasileira como Maísa Silva, Jean Paulo Campos, Larissa Manoela, entre outros. Na trama, os alunos da Escola Mundial viajam para o acampamento de férias Panapaná, que pertence ao avô de Alícia (Fernanda Concon). Em meio a grandes aventuras, os pequenos precisam juntar todas as suas forças para que o sítio não seja vendido para o vilão González (Paulo Miklos) e seu fiel escudeiro Gonzalito (Oscar Filho), que pretendem transformar o lugar em uma fábrica poluente.

O roteiro de Márcio Alemão, Mirna Nogueira e Erez Migron é totalmente simples e sem maiores surpresas, assim como toda e qualquer novela mexicana, mas considerando que se trata de um longa infantil, voltado essencialmente para crianças, achei a proposta bem condizente. As mensagens de “amizade” e “consciência ambiental” embutidas dentro da trama, fazem todo o sentido com a realidade de hoje em dia, onde as crianças parecem estar mais individualistas e apegadas ao mundo digital do que nunca.

Já a direção de Alexandre Boury (Um Anjo Trapalhão) e Maurício Eça (Apneia), também não chega a decepcionar a ponto de transformar o filme em algo ruim. Na verdade, ambos até conseguiram trazer para a película toda a atmosfera adquirida ao longo da novela. Só sinto que talvez eles tenham tido um pouco de trabalho para aquietar toda a euforia daquele elenco estreante no cinema. Eu achei que poderiam ter entrado um pouco mais dentro daquele universo travesso de uma colônia de férias, e que faltou um pouco mais de drama em algumas cenas. Todavia, tirando isso, algumas câmeras tremidas e certos efeitos amadores, o resto ficou tudo dentro do esperado.

É engraçado como algumas crianças evoluíram com o tempo, assim como Fernanda Cocon, Thomaz Costa, Lucas Santos e Nicholas Torres. Todos esses amadureceram, tanto fisicamente, como profissionalmente. Se tornaram mais seguros em cena e dominaram seus personagens. Já outros, como Larissa Manoela, João Paulo Campos e Maísa Silva continuam estagnados no tempo e ainda soam inexperientes demais.

Agora sobre o elenco adulto, tenho que dizer para o Paulo Miklos nunca desistir da carreira de cantor, pois atuando ele definitivamente não é um primor. O vocalista da banda Titãs soa forçado e caricato demais em todas as suas cenas, um horror! Já Oscar Filho, digo que até me surpreendeu no bom sentido. O ex-CQC estava bem caricato, mas acertou do começo ao fim. Penso que esta boa atuação se deve ao trabalho em conjunto de Eça e Boury.

Concluindo, Carrossel – O Filme definitivamente não se compara a uma produção Disney, mas consegue extrair os melhores elementos da TV para as telonas. Acredito que seja uma boa opção para a criançada nessas férias de julho.

Trailer:

*Crítica também postada no site Blah Cultural

Anúncios

Crítica: Tomorrowland – Um lugar Onde Nada é Impossível

7 jun

5306620.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

Depois de tanta expectativa por parte da Disney, ações violentas de marketing, incluindo a exibição de quase 15 minutos do longa em outras sessões, eis que estreia no Brasil a superprodução Tomorrowland – Um lugar Onde Nada é Impossível.

A película que conta com o astro George Clooney como protagonista, vem sofrendo com uma baixa bilheteria desde sua estreia no dia 22 de maio nos Estados Unidos. A coisa é tão feia, que a obra está sendo comparada com o filme John Carter: Entre Dois Mundos (2012), que até então é citado como um dos maiores fracassos da Disney, tendo arrecadado somente US$ 284 milhões, fazendo pouca frente em relação ao custo de sua produção.

Tomorrowland se ambienta em um mundo totalmente futurístico, um lugar onde as coisas parecem mágicas, onde você pode fazer o que realmente quiser. Toda a história começa de fato no ano de 1964, quando o jovem Frank Walker (Thomas Robinson) decide entregar sua invenção, uma mochila voadora, para uma grande feira de novos talentos da tecnologia. A invenção dá errado, porém uma das mediadoras do evento, a menina Athena (Raffey Cassidy), resolve apostar no garoto e entrega-lhe um presente muito especial, um passaporte que dá acesso ao mundo dos sonhos, chamado Tomorrowland.

Alguns anos depois, a bela Casey Newton (Britt Robertson de Secret Circle) começa a investigar uma base da NASA da qual seu pai fora funcionário. Após violar alguns códigos de segurança, ela é presa. Entretanto, ao sair, também é presenteada com algo totalmente surpreendente. É a partir desse momento que a jovem inicia uma investigação de todo aquele seu novo universo. Todavia, não podia imaginar que estaria se envolvendo em algo muito mais profundo do que havia pensado.

Agora falando sobre o que achei do longa, acredito que de fato tenha faltado muito do que a expressão “nada é impossível” vem a representar. Os efeitos especiais foram bons, mas nada que realmente me surpreendesse. Neste quesito eu esperava muito mais da obra do diretor Brad Bird (Os Incríveis), visto seu alto orçamento.

O roteiro de Damon Lindelof (Guerra Mundial Z), coescrito juntamente com Bird, também não apresenta nada de inovador ou interessante. É claro que não dá para fugir de toda aquela velha lição de moral que as produções Disney vêm apresentando ao longo de todos esses anos. As mensagens de positivismo, sustentabilidade e consciência moral estão nitidamente empregadas do início ao fim desta película. No entanto, achei que poderiam ter sido aplicadas de uma forma muito mais emotiva.

A direção de Brad Bird também peca por ter sido fraca demais. Além da falta de boas cenas de ação, no velho e bom estilo Disney de ser, Tomorrowland se perdeu entre o bom discurso e a forma como tudo foi conduzido. Quando de fato você pensa que a história vai engrenar, ela simplesmente acaba. Saí totalmente frustrado daquela sessão.

As atuações são bem medianas. Isso inclui George Clooney, Britt Robertson e o também experiente ator Hugh Laurie (o eterno Dr. House), que interpreta o personagem David Nix. Consigo ressaltar o trabalho da pequena Raffey Cassidy, que só não conseguiu ir mais além devido a fraca direção de Bird.

A trilha sonora do filme também não chega a ser empolgante, ou sequer sua fotografia encanta. No mais, Tomorrowland – Um lugar Onde Nada é Impossível, deveria realmente ter permanecido com seu título original “1952”, pois voltar ao passado, quando tínhamos ótimas produções do estúdio Disney, me parece ser muito mais interessante.

Trailer:

*Crítica também postada no site Blah Cultural

News: Chris Pratt pode ser o novo Indiana Jones!

22 fev

indiana-jones-steven-spielberg-feature-splice-1200x520

Depois de Steven Spielberg ter escolhido Chris Pratt pessoalmente para o reboot de Jurassic Park (Jurassic World), agora chegou a vez do diretor de fato trabalhar com o ator em uma nova produção.

Bem, de acordo com o DeadlineSpielberg deseja reviver a franquia de Indiana Jones, porém agora com Pratt no papel que pertencia a Harrison Ford.

O novo Indiana Jones está sendo produzido pela Disney, que comprou os direitos da franquia e já deve estrear em 2018 ou 2019.

News: Quinto filme da franquia de Piratas do Caribe ganha data de estreia

23 jul

20672256

A Disney acaba de anunciar a data de estreia do 5º filme da franquia de Piratas do Caribe, protagonizada por Johnny Depp que nos últimos 4 longas deu vida ao eterno Capitão Jack Sparrow.

Pirates of the Caribbean: Dead Men Tell No Tales, título original, ou em tradução literal “Piratas do Caribe: Os Mortos Não Contam Histórias” estreia dia 7 de julho de 2017.

A franquia de Piratas do Caribe já arrecadou mais de US$ 3,7 bilhões nas bilheterias de todo o mundo, e este novo filme promete vir com muitas histórias sobre piratas originais. Bom, pelo menos foi isso o que o produtor Jerry Bruckheimer disse quando perguntado pelo Deadline, se a nova película iria conter monstros e demônios novamente:

“Não, não. Acho que vamos voltar a fazer um filme que seja mais sobre piratas tradicionais”.

Os fãs do Capitão Jack Sparrow já podem aguardar por mais uma eletrizante história sobre piratas de verdade…..hehehe 😉

News: Encantada 2 já tem direção definida!

2 jul

296025

Quem aí não se lembra do filme Encantada? Aquele produzido pela Disney com atores reais, que interpretavam personagens contidos nos contos e fábulas infantis. Então, essa fofura de filme terá uma segunda parte e já tem diretor e roteirista confirmados.

Depois do sucesso de Frozen – Uma Aventura Congelante (2014), a Disney resolveu investir pesado em histórias de princesas e, para isso, chamou um time de peso para comandar a película: Anne Fletcher (Vestida Para Casar) irá dirigir a trama, enquanto o roteiro fica nas mãos da dupla J. David Stem e David N. Weiss (ambos de Shrek 2 e Os Smurfs).

Ainda não existe a confirmação se os atores Amy Adams, James Marsden, Patrick Dempsey, Idina Menzel e Susan Sarandon estarão nessa nova parte. Entretanto, torcemos para que sim. 😉

 

 

News: Muppets 2 – Procurados e Amados é a maior estreia dessa semana!

26 jun

744a06933620d1ef22de64f170e5e6438032fb87

Hoje estrearam alguns filmezinhos pra gente poder curtir e começar bem o fim de semana, afinal, amanhã já é sexta-feira, ou não? (rsrsrs).

Muppets 2 – Procurados e Amados surge como a estreia principal, seguido por Jersey Boys: Em Busca da Música, uma cinebiografia do grupo musical americano The Four Season e o brasileiro Amazônia, que inclusive já ganhou alguns prêmios por aí.

Vamos lá!!!

Muppets 2 – Procurados e Amados: “Depois da aventura de Os Muppets (2011), Kermit, Miss Piggy, Animal e toda a trupe conversam com um novo empresário, Dominic Badguy (Ricky Gervais), que pretende levá-los em uma turnê mundial. Kermit hesita, mas os Muppets são ambiciosos e aceitam a proposta. No entanto, eles caem numa armadilha, quando o perigoso sapo Constantine sequestra Kermit e consegue se infiltrar nos Muppets, passando pelo líder do grupo. Enquanto o pobre Kermit tenta escapar de uma prisão de segurança máxima na Sibéria, controlada a mão de ferro por Nadya (Tina Fey), o resto dos Muppets passa a conviver com o intruso dentro do grupo. Mas um investigador francês da Interpol (Ty Burrell) está de olho nos Muppets, já que uma porção de roubos de obras de arte estão acontecendo próximos às apresentações de Piggy, Gonzo e cia.”

Jersey Boys: Em Busca da Música: “Na década de 1950, o ítalo-americano Tommy DeVito divide seu tempo entre cometer pequenos furtos e comandar uma banda. Ele é amigo do jovem e talentoso Frankie Valli que, não demora, é convidado para se juntar ao grupo musical. Com a entrada do compositor Bob Gaudio, no entanto, eles – ao lado de Nick Massi – formam uma das mais bem-sucedidas bandas dos anos 1960, o The Four Seasons, responsável por hits como “Sherry”, “Big girls don’t cry”, “Walk like a man” e “Can’t take my eyes off you”. Baseado no musical da Broadway, o longa de Clint Eastwood mostra a ascensão e queda do quarteto, de muito talento, mas envolto em uma nuvem de brigas internas e relações escusas com a máfia.”

Amazônia: “Castanha (voz de Lúcio Mauro Filho) é um macaco prego, criado em cativeiro, que é liberado na Floresta Amazônica. Seguindo o ponto de vista do animal, o documentário revela os mistérios da fauna e da flora da região, destacando dificuldades enfrentadas pelo animal e ainda algumas amizades, como a com a macaca Gaia (Isabelle Drummond).”

Sinopses por AdoroCinema

News: Divulgadas novas fotos de Jurassic World

13 jun

3546360.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

A produtora Universal Pictures divulgou três novas fotos de seu novo longa da franquia de Jurassic Park, inciada em 1993 com Jurassic Park – Parque dos Dinossauros do diretor Steven Spielberg.

O novo longa se chama Jurassic World e vai se passar  20 anos depois dos eventos mostrados em Jurassic Park III (2001).  O elenco da nova produção conta com Chris Pratt (Guardiões da Galáxia), Bryce Dallas Howard (Histórias Cruzadas), Nick Robinson (The Kings of Summer), Ty Simpkins (Extermínio 2),  Irrfan Khan (As Aventuras de Pi), Omar Sy (Intocáveis) e Judy Greer (Planeta dos Macacos: O Confronto).

4904050.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

Chris Pratt.

 

1365120.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

Nick Robinson e Ty Simpkins.

 

0299440.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx

Bryce Dallas Howard e Chris Pratt (de costas).

De acordo com o diretor Colin Trevorrow, a trama irá se passar em um parque temático com características de uma reserva biológica. Vincent D’Onofrio interpretará um dos vilões da trama, que também irá apresentar novidades com dinossauros geneticamente modificados que serão ainda maiores e mais ferozes.

Jurassic World tem estreia marcada para dia 11 de junho de 2015.

News: O Espetacular Homem-Aranha 2 e o nacional Getúlio estreiam essa semana!

2 maio

Getulio_Crédito-Bruno-Veiga-tile

Então galera, mais um fim de semana chegando e boas opções de filmes também vindo junto. Desta vez temos a estreia do aguardado O Espetacular Homem-Aranha 2 – A Ameaça de Electro, que teve uma estreia modesta enquanto o primeiro longa, mas que nessa segunda parte aparece com muito mais ação e efeitos especiais.

E representando o cinema nacional, temos a estreia de Getúlio, com Tony Ramos, que faz o papel de um dos presidentes brasileiros mais icônicos de todos os tempos. A trama retrata os últimos dias da vida de Getúlio Vargas.

O Espetacular Homem-Aranha 2 – A Ameaça de Electro: “Peter Parker (Andrew Garfield) adora ser o Homem-Aranha, por mais que ser o herói aracnídeo o coloque em situações bem complicadas, especialmente com sua namorada Gwen Stacy (Emma Stone) e sua tia May (Sally Field). Apesar disto, ele equilibra suas várias facetas da forma que pode. No momento, Peter está mais preocupado é com o fantasma da promessa feita ao pai de Gwen, de que se afastaria dela para protegê-la. Ao mesmo tempo ele precisa lidar com o retorno de um velho amigo, Harry Osborn (Dane DeHaan), e o surgimento de um vilão poderoso: Electro (Jamie Foxx).”

Getúlio: “A intimidade de Getúlio Vargas (Tony Ramos), então presidente do Brasil, em seus 19 últimos dias de vida. Pressionado por uma crise política sem precedentes, em decorrência das acusações de que teria ordenado o atentado contra o jornalista Carlos Lacerda (Alexandre Borges), ele avalia os riscos existentes até tomar a decisão de se suicidar.”

Sinopses por AdoroCinema

News: Capitão América 2 – O Soldado Invernal e Hoje Eu Quero Voltar Sozinho são as maiores estreias da semana!

11 abr

1-tilellllNão tem desculpa para não ir ao cinema neste fim de semana, hein! Temos duas super estreias, uma nacional e outra super produção da Marvel imperdível.

Estamos falando de Capitão América 2 – O Soldado Invernal, a segunda parte de uma franquia de bastante sucesso, com Chris EvansScarlett JohanssonAnthony Mackie. A sinopse deste segundo filme se passa após os acontecimentos de Os Vingadores.

Já figurando como a maior estreia nacional temos o novo queridinho do público GLBT, o longa Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, do diretor Daniel Ribeiro. Este filme é uma produção baseada no curta Hoje Eu Não Quero Voltar Sozinho, que fez bastante sucesso na internet, com milhões de visualizações no Youtube e outros sites por aí. Vamos lá!

Capitão América 2 – O Soldado Invernal: Dois anos após os acontecimentos em Nova York (Os Vingadores – The Avengers), Steve Rogers (Chris Evans) continua seu dedicado trabalho com a agência S.H.I.E.L.D. e também segue tentando se acostumar com o fato de que foi descongelado e acordou décadas depois de seu tempo. Em parceria com Natasha Romanoff (Scarlett Johansson), também conhecida como Viúva Negra, ele é obrigado a enfrentar um poderoso e misterioso inimigo chamado Soldado Invernal, que visita Washington e abala o dia a dia da S.H.I.E.L.D., ainda liderada por Nick Fury (Samuel L. Jackson).”

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho: “Leonardo (Guilherme Lobo), um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel (Fabio Audi) chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade.”

Sinopse por AdoroCinema

News: Novo longa sobre o mundo de Harry Potter será o primeiro de uma trilogia

1 abr

O longa Animais Fantásticos e Onde Habitam, outra adaptação dos livros de  J.K. Rowling, o responsável pela franquia de sucesso Harry Potter, será o primeiro de uma nova trilogia, segundo seus produtores.

Muitos podem estranhar, pois o livro tem um pouco mais de 60 páginas somente, porém o cineasta Peter Jackson, responsável por outras trilogias como O Hobbit, que também é bem curta, parece bem capacitado para este desafio.

O filme que apresenta uma espécie de guia sobre os seres mágicos do universo do bruxinho mais famosos do planeta, terá Rowling como roteirista e ainda só tem o primeiro longa confirmado, mas pode ser que os próximos sejam renovados com o tempo.

A previsão é que Animais Fantásticos e Onde Habitam estreie já em 2015.

%d blogueiros gostam disto: